18052715056239112_edited.jpg

Rio de Janeiro, 1986

É uma existência nesse mundo em busca de uma caminhada com dignidades e saúdes. Planta e deseja colher. Busca as simplicidades, pois as coisas mais banais lhe chegam com camadas de desafios e complexidades. Tem visto em suas mãos seu coração.

Se reconhece como pesquisadora e artista contemporânea-ancestral-pra-depois-do-ano-2000, pelo menos é assim que vem se organizando desde as agitações diaspóricas das experiências pictóricas-epidérmicas vividas – apenas mais uma forma possível de apresentação, que deseja apontar que seu campo de atuação se faz na vida, nas relações, nos deslocamentos, nos enfrentamentos e nas fugas a partir da produção de imaginários. Colabora há mais de dez anos com diversos encontros, produções, exposições coletivas, rodas, proposições educativas e publicações.

 

Institucionalmente, estudou comunicação visual, montagem cinematográfica e arte contemporânea. É autora de “FAÇO FAXINA: bases contraontológicas para um começo de conversa sobre uma experiência epidérmica imunda” (2018), dissertação de mestrado em Estudos Contemporâneos das Artes pela Universidade Federal Fluminense (RJ). Ofereceu em 2019, nos formatos de curso de férias e semestral, o curso “Experiências Epidérmicas: entre produções de encontros e confrontos” na Escola de Artes Visuais do Parque Lage – EAV. Em 2020, na mesma instituição, adapta a proposta de curso e o renomeia como “Experiências Epidérmicas/Epidêmicas: movimentos para organizações de cadernos de artistas-pesquisadoras”, realizado de forma online. Compõe, sendo uma das articuladoras, o CIPEI - Círculo Permanente de Estudios Independientes (México-Brasil), plataforma de investigação de contra-pedagogias e contra-visualidades.

[2020]

Colaboração com a live “EXPERIÊNCIA ARTÍSTICA: Tessitura<=>Textura / Tecer / Fazer tecido / Fazer ter sido / Ser sutura” em plataforma digital da Officina de Estudos do Patrimônio Cultural | Mediação de Lucia Talabi e Renan Torres | Coordenação de Simonne Teixera | Laboratório de Estudos do Espaço Antrópico | Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro – UENF (RJ)

Disponível em

https://www.facebook.com/story.php?story_fbid=152255006611646&id=1501499830148299&scmts=s cwspsdd

 

Colaboração com o vídeo “Se Pisco” e com desenhos da série “Nós – estudos para continuidades” na exposição coletiva Após o Terceiro Dia | Curadoria de Vinicius Monte | Caixa Preta (RJ)

 

Colaboração com o lambe do “Enunciado” da série “Faço Faxina” na exposição coletiva Casa Carioca | Curadoria da Joyce Berth e Marcelo Campos | Museu de Arte do Rio - MAR (RJ)

 

Colaboração, em diálogos com minha mãe Sandra Martins, com o plantio de “A manhã ser” para o projeto de exposição efêmera Ao Ar, Livre | Curadoria de Tiago de Abreu Pinto
Disponível em https://sites.google.com/view/aoar-livre/projeto

 

Colaboração na roda virtual sobre o ensaio crítico “O que dizer quando as coisas estão sendo ditas?” | Mediação de Bru Fonseca | Conversas com max wíllà morais e Walla Capelobo | Revista Corre (BR)

Colaboração com o ensaio crítico “O que dizer quando as coisas estão sendo ditas?” | Edição #1 Linguagens e Palavra | Revista Corre (BR)
Disponível em https://revistacorreart.wixsite.com/corre/edições

 

Proposição educativa com o curso on-line “Experiências Epidérmicas/Epidêmicas: movimentos para organizações de cadernos de artistas-pesquisadoras” | Curso Semestral | Escola de Artes Visuais do Parque Lage – EAV (RJ)

currículo

 

Colaboração educativa com o seminário “Experiências Epidérmicas: ninguém é enquanto ninguém são. Como produzir vida?” para o Programa de-Deformación Menos Foucault, Más Shakira” | Impulsão de Daniel Sepúlveda | Círculo Permanente de Estudios Independientes – CIPEI (BR-MX)

 

Colaboração com o trabalho em rede "ZAPRETAS", proposto por Renata Sampaio, ao lado de Andy Marques, Tais Evandra Teles e Zanza Gomes | Exposição “O que resta após” | Pinacoteca Rubem Berta (RS)

| Mostra Lab eXtremidades | Ateliê 397 (SP)

 

Produção, ao lado de Ana Clara Tito, Ana Cláudia Almeida, Carla Santana e Laís Amaral, dos Chás de Verão Trovoa #2 | Nacional Trovoa e Capacete (RJ)

 

[2020-2019]
Artista residente do Programa Capacete 2019//2020 | Direção artística de Camilla Rocha Campos | Capacete (RJ)

 

[2019]

Colaboração com os “Cont-r-atos” da série “Faço Faxina” e com o painel “Fugir antes de sumir”, o estudo 1 da série “Desperfilar”, da exposição coletiva “Mulheres na arte brasileira entre dois vértices” | Curadoria de Pollyana Quintella | Festival Agora É Que São Elas | Cetro Cultural São Paulo – CCSP (SP)

 

Colaboração na roda de conversa “Arte e Artistas Negras na Contemporaneidade”, ao lado de Ana Cláudia Almeida com o Trovoa, do Coletivo Rato Preto e da Mariah Rafaela | Mediação de Keyna Eleison | Seminário “Negra presença: arte, política, estética e curadoria | Organizado por Raquel Barreto | Museu de Arte Contemporânea de Niterói – MAC Niterói (RJ)

 

Proposição educativa com curso “Experiências Epidérmicas: entre produções de encontros e confron- tos” | Curso Semestral e de Férias | Escola de Artes Visuais do Parque Lage – EAV (RJ)

 

Colaboração com a instalação “Minha saúde ficou bem debaixo desse piso” a partir do “Enunciado” e de réplica do diário da série “Faço Faxina” e conversas com minha avó Júlia e Mãe Stella de Oxossi para a exposição coletiva “Inundação” | Curadoria de Marcelo Campos e do Grupo de Pesquisa Arte e Itinerários Culturais | Idealização de Bete Esteves | Museu Casa do Pontal (RJ)

 

Colaboração com a pintura “Revestimenta" e com o lambe do “Enunciado” da série “Faço Faxina” na exposição coletiva “Corpos-Cidades” | Curadoria de Gustavo Barreto e de Ismael David | Espaço Pence Coletivo (RJ)

 

Colaboração da roda de conversas do projeto “Hospedando Lélia Gonzalez” com as artistas Aline Besouro, max wíllà morais e Yhuri Cruz | Organização de Juliana Machado, Rubia Luiza da Silva, Tanja Baudoin e Ulisses Carrilho | Projeto de Pesquisa da Biblioteca da Escola de Artes Visuais do Parque Lage – EAV (RJ)

 

Colaboração artística com a intervenção “Deslizes de uma economia erótica colonial” para o projeto “Hospedando Lélia Gonzalez”, ao lado de Aline Besouro e Yhuri Cruz | Organização de Juliana Machado, Rubia Luiza da Silva, Tanja Baudoin e Ulisses Carrilho | Projeto de Pesquisa da Biblioteca da Escola de Artes Visuais do Parque Lage – EAV (RJ)

 

Colaboração, ao lado do curador Marcelo Campos, da roda de conversa sobre a exposição coletiva em itinerância “Mercedes Baptista: o corpo e a dança” | Roda organizada por Simonne Teixera | Casa de Cultura Villa Maria (RJ)

 

Colaboração com o diagrama “Irredutível” (resumo da dissertação de mestrado “FAÇO FAXINA: bases contraontológicas para um começo de conversa sobre uma experiência epidérmica imunda”) para a exposição coletiva Noite | Nacional Trovoa | Centro Municipal de Arte Helio Oiticica – CMAHO (RJ)

 

Colaboração com o trabalho em rede "ZAPRETAS", proposto por Renata Sampaio, ao lado de Andy Marques, Tais Evandra Teles e Zanza Gomes | “Registro n.3: exposição e ações coletivas” | Curadoria de Charlene Cabral e Diego Grosman | Casa Baka (RS)

 

Colaboração com o trabalho em rede "ZAPRETAS", proposto por Renata Sampaio, ao lado de Andy Marques, Tais Evandra Teles e Zanza Gomes | Ocupação ZAPRETAS | Centro Histórico-Cultural Santa Casa (RS)

[2018]

Colaboração na roda de conversa “Presença, Representação e Representatividade do Corpo Negro na Arte e na Cultura” | Projeto Gente Arteira com Fernando Porto, Letícia Caetano e Juliana Borzino | Caixa Cultural (RJ)

Colaboração, ao lado da Alessandra Pio, da “Mesa de Conversa Representatividade Negra” | Organização de Maya Inbar | Colégio de Aplicação da UFRJ – RJ

Colaboração com o vídeo “Photobaile” na exposição coletiva “Mercedes Baptista: o corpo e a dança” | Curadoria de Amanda Bonan, Analu Cunha e Marcelo Campos | Galeria Candido Portinari, Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ (RJ)

 

Colaboração com o trabalho "Sem título – traço epidérmico" na exposição coletiva Manifesto Afrofuturista | Curadoria de Rafael Bqueer | Caixa Preta (RJ)

Colaboração com o trabalho em rede "ZAPRETAS", proposto por Renata Sampaio, ao lado de Andy Marques, Tais Evandra Teles e Zanza Gomes, na exposição coletiva Manifesto Afrofuturista | Curadoria de Rafael Bqueer | Caixa Preta (RJ)

 

Artista convidada do Sarau Lâmina (RJ) por ocasião do lançamento do livro homônimo de autoria de Adriana Kairos, Carolina Rocha e Isadora Gran | Arte Sabali Edições

 

[2018 - 2017 - 2016]

Realização da série "Faço Faxina" sob triplo cont-r-ato (de serviço doméstico, de serviço estético e de pesquisa acadêmica) em diferentes residências na cidade do Rio de Janeiro, no Centro Cultural Pequena África (sob contrato ancestral ao lado de Aline Besouro e Gabrielle Souza) e em participação do VI Ritual de Lavagem do Cais do Valongo (sob benção ancestral e da Mãe Celina de Xangô)

 

[2017]

Colaboração do Diálogo “Como instituir cuidado? (por outras concepções de arte, artista e instituição)” ao lado de Eleonora Fabião e Geo Britto no Centro Municipal de Arte Hélio Oiticia - CMAHO (RJ) | Encon- tro Internacional CUIDADO COMO MÉTODO #2 | Coordenação Geral de Izabela Pucu e Jessica Gogan | Realização do Projeto arte_cuidado, Instituto MESA, Collective Gallery e Art Link;

Colaboração da mesa “Censura no meio artístico – brechas e diálogos” ao lado de Lyz Parayzo | Medi- ação de Pedro Bento | OCUPAÇÃO COLETIVA ASSALTA no Teatro Cacilda Becker (RJ);

 

Colaboração com a palestra “Diálogos epidérmicos” sobre Práticas Artísticas na Universidade das Que- bradas | Projeto Escola do Olhar | Educadora de Projetos Bruna Camargos | Museu de Arte do Rio (RJ);

 

Colaboração com diálogos curatoriais na “VI Semana Cinerama: Zonas de Correspondências” | Direção, Curadoria e Programação de Diambe da Silva, Lorran Dias e max wíllà morais | Centro Cultural Light (RJ);

 

Colaboração do bate-papo “Ser artista mulher no Brasil” ao lado de Tatiana Henrique e Roberta Barros | Mediação de Daniella Mattos | Caixa Cultural (RJ);

 

Proposição educativa com o laboratório/curso “Existência é Resistência: práticas estéticas em corpos minoritários-operários" (Disciplina Interlocuções em Artes/Interações Sociais) ao lado de Anita Sobar | Graduação de Artes da Universidade Federal Fluminense | Programa de Estágio de Docência da Pós- graduação em Estudos Contemporâneos das Artes, UFF (RJ);

 

Colaboração com o trabalho “Receita de bolo para uma outra obra concreta” e produção da mostra coletiva “Heranças” ao lado de Marina .S. Alves e Rafa Éis | Centro Cultural Pequena África (RJ);

 

Colaboração com trabalho “Estudo de desenho para uma linha reta” na mostra coletiva “Estereoti- pAÇÃO: Mulheres Negras Performam” ao lado de Ana Musidora, Juliana dos Santos, Monica Santana, Mulheres de Pedra, Nanda Canuta, Priscilla Rezende, Renata Felinto, Renata Sampaio, Senzy Garcês e Val Souza | Curadoria de Renata Sampaio | parte da programação da exposição Todo Poder ao Povo - Emory Douglas e os Panteras Negras | SESC Pinheiros (SP);

 

Colaboração com trabalho videográfico “Estudo de desenho para uma linha reta” e produção da mostra coletiva “EstereotipAÇÃO: Mulheres Negras Performam” ao lado de Ana Musidora, Juliana dos Santos, Monica Santana, Mulheres de Pedra, Nanda Canuta, Priscilla Rezende, Renata Felinto, Renata Sampaio, Senzy Garcês e Val Souza | Curadoria de Renata Sampaio | Centro Cultural Pequena África (RJ);

 

Colaboração com a roda de conversa “NÓS SOMOS PORQUE ELXS SÃO?” ao lado de Aline Besouro, Jandir Jr., Lyz Parayzo, Marina .S. Alves, Rafa Éis e Renata Sampaio | Programa PRESENTE! CORPOS- SUJEITOS, RESISTÊNCIA E INSUBORDINAÇÃO | Projeto ARTE E ATIVISMO NA AMÉRICA LATINA – Despina (RJ);

 

Colaboração com o “Faço Faxina, um número de dança” no projeto “A performance dos modelos” de Pedro Meyer | Casa França Brasil (RJ);

[2016]

Produção ao lado de Rafa Éis e colaboração como uma das ativadoras das “Rodas de Conversas com Artistas Negrxs” ao lado de Aline Besouro, Anani Sanouvi, Andiara Dee Dee, Celina Rodrigues/Mãe Celina de Xangô, Cláudio Marques, Cristiane Lopes, Felipe Nunes, Giseli Vasconcelos, Ingra da Rosa/Ingrid Silva, Ismael David, Ítala Ísis, Jandir Jr., Marielen Romão, Marina .S. Alves, Michelle Zgiet, Mulheres de Pedra, Rafa Éis, Renata Sampaio, Samuel Lima, Senzy Garcês e Wagner Novais/ Wavá | Centro Cultural Pequena África (RJ);

 

Colaboração na disciplina teórica-prática “Playground: ambientes lúdicos temporários para práticas performativas em espaços públicos” (Tópicos Especiais em Cenografia I) oferecida pela professora Cássia Maria F. Monteiro como estágio de docência | Curso de Artes Cênicas-Cenografia da Escola de Belas Artes da UFRJ (RJ);

 

Colaboração com a exibição de “Como fazer (entre outras coisas) tempestade em copo d’água” e com a videointalação de “Espectro de uma aurora tropical” na V Semana Cinerama: rexistir | Curadoria e Programação por Diambe da Silva, Lorran Dias e max wíllà morais | Escola de Comunicação da UFRJ (RJ);

Colaboração com as instalações de “Penetração” e “Deslizamento de Paisagens” ao lado de Cássia Maria F. Monteiro na exposição coletiva Descamada | Curadoria de Bárbara Morais e Gabriel Moraes | Antiga Fábrica da Bhering (RJ);

 

Colaboração do fórum “Mulheres na arte e vida: representação e representatividade ao lado de Bruna Benevides, Daniella Mattos, Michelle Mattiuzzi e Roberta Barros | Mediação de Diana Kolker | Museu de Arte Contemporânea (RJ);

 

Colaboração com trabalho instalativo “Estudo de desenho para uma linha reta” no evento multidisciplinar “Afroresistências: Estética Negra e Novas Narrativas” | Escola de Belas Artes da UFRJ (RJ);

 

Colaboração com o trabalho “Nós somos porque eles são?/ Quantas outras perguntas poderíamos lançar caminhando?” no “Seminário Indisciplinas: A arte frente ao urgente” | 4o encontro de pesquisadores dos programas de pós-graduações em artes visuais do estado do Rio de Janeiro | Casa França Brasil (RJ);

 

[2015]

Colaboração com o trabalho “Cartografias da pele: o corpo como território” ao lado de Rafa Éis no “Codorna Perfoma II” | Curadoria de Raphael Couto | Ateliê Codorna (RJ);

 

Colaboração com o trabalho “Receita de bolo para uma obra concreta” na websérie Fé...Menina | Mulheres de Pedra e parceiras | Uma das produções que abriu o Encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbul de 2017 (RJ);

 

Colaboração com o trabalho “Coleta de sopros” no filme Elekô | Mulheres de Pedra e parceiras | Dentre muitas premiações, a de melhor filme do Festival 72H de 2015 (RJ);

 

[2014]

Artista residente do Programa Clarabóia ao lado da artista Renata Richard | Largo das Artes/Despina (RJ);

 

Colaboração com os trabalhos “Empregada para um cubo branco”, com os primeiros estudos da série “Desperfilar” e com a “Coleção de capturas de vestígios daqueles com quem me relaciono” na exposição coletiva (com a artista Renata Richard) “[capturas]” | Largo das Artes/Despina (RJ);

 

Organização da série de encontros do “Laboratório de Contaminações” com Cássia Maria F. Monteiro, Paula Sancier, Talita Caselato e André Queiroz | Largo das Artes/Depina (RJ);

 

Colaboração com o trabalho “quitute” na exposição coletiva “À Primeira Vista” | Curadoria de Brígida Baltar, Efraim Almeida e Marcelo Campos – Galeria Artur Fidalgo (RJ);

 

Colaboração com o trabalho “empregada para um cubo branco” no III Festival de Artes do Corpo | Instituto de Arte e Design da UFJF (MG);

 

Colaboração com o trabalho Desperfilar na exposição coletiva internacional Multitude | Curadoria de Andrea Caruso Saturnino e Lucas Bambozzi | SESC Pompéia (SP)

[2013-2011]
Colaboração com trabalhos videográficos nos Panoramas da Escola de Cinema Darcy Ribeiro (RJ)

 

Colaboração com o trabalho "Jogo da memória" no Festival de Vídeo EAV Parque Lage/Rio Show (RJ)